[Ubuntu-PT 10265] Pedido (quase) desesperado.

Previous Topic Next Topic
 
classic Classic list List threaded Threaded
14 messages Options
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10265] Pedido (quase) desesperado.

Orlando Figueiredo-2
Amigos,
Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever bastante
pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O problema
é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o ficheiro,
mas encerra logo de seguida.
Consigo abri-lo no focus writer, mas perde toda a formatção.
Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
Se perco este trabalho dou em doido.
Abs.

--

[hidden email]
Tel:(+351) 933 284 587
Skype: of1967

 _^_  | *Seja livre, use LINUX - Be free, use LINUX*
.ºvº. | *Socialmente justo - Socially fair*
/(_)\ | *Economicamente viável - Economically viable*
.^.^. | *Tecnologicamente sustentável - Technologically sustainable*
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10266] Re: Pedido (quase) desesperado.

san-alex
Olá.
Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
san-alex

13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):

> Amigos,
> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever bastante
> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O problema
> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o ficheiro,
> mas encerra logo de seguida.
> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
> Se perco este trabalho dou em doido.
> Abs.
>


--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10268] Re: Pedido (quase) desesperado.

Rui Oliveira-2
Pois é.

É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é das
últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri ficheiros
enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar algumas
sugestões que deixo:

Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o libre/openoffice
pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para Linux:

Kingsoft Office
http://wps-community.org/download.html

IBM Lotus simphony:
http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products

Caligra Office (este é mais para KDE)
http://www.calligra-suite.org/

Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e pode
ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve algum
do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já não
é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais, mas não
me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.





2013/7/13 san-alex <[hidden email]>

> Olá.
> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
> san-alex
>
> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
>
>> Amigos,
>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever bastante
>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
>> problema
>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o ficheiro,
>> mas encerra logo de seguida.
>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
>>
>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
>> Se perco este trabalho dou em doido.
>> Abs.
>>
>>
>
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
>
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10269] Re: Pedido (quase) desesperado.

Miguel Gomes da Costa
É curioso, porque tenho a experiência oposta. O LibreOffice é muito
mais estável e capaz de manejar ficheiros de grandes dimensões, de
forma muito mais eficiente. Tive sempre muitos mais problemas com o
Office da Microsoft (uma das razões porque deixei de o usar).
Qualquer ficheiro que crashe daquela maneira, a meio de registar as
últimas alterações, ficaria danificado, qualquer que fosse o software
utilizado...



2013/7/13 Rui Oliveira <[hidden email]>:

> Pois é.
>
> É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é das
> últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
> Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri ficheiros
> enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar algumas
> sugestões que deixo:
>
> Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o libre/openoffice
> pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para Linux:
>
> Kingsoft Office
> http://wps-community.org/download.html
>
> IBM Lotus simphony:
> http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
>
> Caligra Office (este é mais para KDE)
> http://www.calligra-suite.org/
>
> Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e pode
> ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve algum
> do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já não
> é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais, mas não
> me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
>
>
>
>
>
> 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
>
>> Olá.
>> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
>> san-alex
>>
>> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
>>
>>> Amigos,
>>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever bastante
>>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
>>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
>>> problema
>>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o ficheiro,
>>> mas encerra logo de seguida.
>>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
>>>
>>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
>>> Se perco este trabalho dou em doido.
>>> Abs.
>>>
>>>
>>
>> --
>> ubuntu-pt mailing list
>> [hidden email]
>> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
>>
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt

--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10270] Re: Pedido (quase) desesperado.

Carlos Alberto Ramos-2
Eu não sei se resultará, mas eu faria o seguinte, se a estrutura do
ficheiro é do open office
1- Copiar o ficheiro para uma outra pasta ou uma pen
2- Na consola corria o comando ls  -l /directório do ficheiro
3- localizado o ficheiro, alterava-lhe a extensão para .zip
4- Descompactava o ficheiro para o mesmo directório.
5- Aparecerão vários ficheiros, um dos quais é o que contem o texto e os
outros tem dados de formatação.
6 - Tentava abrir o ficheiro de texto como tal. Talvez alterando a extensão
para .txt.
7- Se o conseguisse abrir, guardava-o com a extensão .odt e com outro nome.
8- Se resultasse, repetia os passos 7 e 8, mas guardava o novo ficheiro com
o mesmo nome do original, mas numa pasta diferente.
9- Neste novo ficheiro repetia os passos  2 a 4.
10- Partindo do principio que o ficheiro que está danificado é um dos que
contém dados de formatação, ia-os substituindo um a um e tentando abrir o
ficheiro a ver que alterações de formatação ele tem.
 Espero que isto resulta e que seja possível recuperar parte da formatação



No dia 13 de Julho de 2013 às 19:07, Miguel Gomes da Costa <
[hidden email]> escreveu:

> É curioso, porque tenho a experiência oposta. O LibreOffice é muito
> mais estável e capaz de manejar ficheiros de grandes dimensões, de
> forma muito mais eficiente. Tive sempre muitos mais problemas com o
> Office da Microsoft (uma das razões porque deixei de o usar).
> Qualquer ficheiro que crashe daquela maneira, a meio de registar as
> últimas alterações, ficaria danificado, qualquer que fosse o software
> utilizado...
>
>
>
> 2013/7/13 Rui Oliveira <[hidden email]>:
> > Pois é.
> >
> > É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é das
> > últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
> > Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri ficheiros
> > enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar
> algumas
> > sugestões que deixo:
> >
> > Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o
> libre/openoffice
> > pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para
> Linux:
> >
> > Kingsoft Office
> > http://wps-community.org/download.html
> >
> > IBM Lotus simphony:
> > http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
> >
> > Caligra Office (este é mais para KDE)
> > http://www.calligra-suite.org/
> >
> > Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e pode
> > ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve
> algum
> > do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já
> não
> > é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais, mas
> não
> > me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
> >
> >
> >
> >
> >
> > 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
> >
> >> Olá.
> >> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
> >> san-alex
> >>
> >> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
> >>
> >>> Amigos,
> >>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever
> bastante
> >>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
> >>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
> >>> problema
> >>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o
> ficheiro,
> >>> mas encerra logo de seguida.
> >>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
> >>>
> >>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
> >>> Se perco este trabalho dou em doido.
> >>> Abs.
> >>>
> >>>
> >>
> >> --
> >> ubuntu-pt mailing list
> >> [hidden email]
> >> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
> >>
> > --
> > ubuntu-pt mailing list
> > [hidden email]
> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10271] Re: Pedido (quase) desesperado.

Pedro Martins
cheguei a ter esse problema com versões beta do libreoffice.
queres enviar o ficheiro para ver se é do ficheiro ou do libreoffice?




No dia 13 de Julho de 2013 às 20:00, Carlos Alberto Ramos <[hidden email]
> escreveu:

> Eu não sei se resultará, mas eu faria o seguinte, se a estrutura do
> ficheiro é do open office
> 1- Copiar o ficheiro para uma outra pasta ou uma pen
> 2- Na consola corria o comando ls  -l /directório do ficheiro
> 3- localizado o ficheiro, alterava-lhe a extensão para .zip
> 4- Descompactava o ficheiro para o mesmo directório.
> 5- Aparecerão vários ficheiros, um dos quais é o que contem o texto e os
> outros tem dados de formatação.
> 6 - Tentava abrir o ficheiro de texto como tal. Talvez alterando a extensão
> para .txt.
> 7- Se o conseguisse abrir, guardava-o com a extensão .odt e com outro nome.
> 8- Se resultasse, repetia os passos 7 e 8, mas guardava o novo ficheiro com
> o mesmo nome do original, mas numa pasta diferente.
> 9- Neste novo ficheiro repetia os passos  2 a 4.
> 10- Partindo do principio que o ficheiro que está danificado é um dos que
> contém dados de formatação, ia-os substituindo um a um e tentando abrir o
> ficheiro a ver que alterações de formatação ele tem.
>  Espero que isto resulta e que seja possível recuperar parte da formatação
>
>
>
> No dia 13 de Julho de 2013 às 19:07, Miguel Gomes da Costa <
> [hidden email]> escreveu:
>
> > É curioso, porque tenho a experiência oposta. O LibreOffice é muito
> > mais estável e capaz de manejar ficheiros de grandes dimensões, de
> > forma muito mais eficiente. Tive sempre muitos mais problemas com o
> > Office da Microsoft (uma das razões porque deixei de o usar).
> > Qualquer ficheiro que crashe daquela maneira, a meio de registar as
> > últimas alterações, ficaria danificado, qualquer que fosse o software
> > utilizado...
> >
> >
> >
> > 2013/7/13 Rui Oliveira <[hidden email]>:
> > > Pois é.
> > >
> > > É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é
> das
> > > últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
> > > Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri ficheiros
> > > enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar
> > algumas
> > > sugestões que deixo:
> > >
> > > Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o
> > libre/openoffice
> > > pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para
> > Linux:
> > >
> > > Kingsoft Office
> > > http://wps-community.org/download.html
> > >
> > > IBM Lotus simphony:
> > > http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
> > >
> > > Caligra Office (este é mais para KDE)
> > > http://www.calligra-suite.org/
> > >
> > > Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e
> pode
> > > ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve
> > algum
> > > do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já
> > não
> > > é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais, mas
> > não
> > > me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
> > >
> > >
> > >
> > >
> > >
> > > 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
> > >
> > >> Olá.
> > >> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
> > >> san-alex
> > >>
> > >> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
> > >>
> > >>> Amigos,
> > >>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever
> > bastante
> > >>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
> > >>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
> > >>> problema
> > >>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o
> > ficheiro,
> > >>> mas encerra logo de seguida.
> > >>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
> > >>>
> > >>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
> > >>> Se perco este trabalho dou em doido.
> > >>> Abs.
> > >>>
> > >>>
> > >>
> > >> --
> > >> ubuntu-pt mailing list
> > >> [hidden email]
> > >> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<
> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
> > >>
> > > --
> > > ubuntu-pt mailing list
> > > [hidden email]
> > > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
> >
> > --
> > ubuntu-pt mailing list
> > [hidden email]
> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
> >
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>



--
Pedro Martins
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10272] Re: Pedido (quase) desesperado.

Carlos Alberto Ramos-2
In reply to this post by Carlos Alberto Ramos-2
Esqueci-me de dizer que acredito que poucos serão os que terão
possibilidades de fazer isto com  o Office da Microsoft!


No dia 13 de Julho de 2013 às 20:00, Carlos Alberto Ramos <[hidden email]
> escreveu:

> Eu não sei se resultará, mas eu faria o seguinte, se a estrutura do
> ficheiro é do open office
> 1- Copiar o ficheiro para uma outra pasta ou uma pen
> 2- Na consola corria o comando ls  -l /directório do ficheiro
> 3- localizado o ficheiro, alterava-lhe a extensão para .zip
> 4- Descompactava o ficheiro para o mesmo directório.
> 5- Aparecerão vários ficheiros, um dos quais é o que contem o texto e os
> outros tem dados de formatação.
> 6 - Tentava abrir o ficheiro de texto como tal. Talvez alterando a
> extensão para .txt.
> 7- Se o conseguisse abrir, guardava-o com a extensão .odt e com outro nome.
> 8- Se resultasse, repetia os passos 7 e 8, mas guardava o novo ficheiro
> com o mesmo nome do original, mas numa pasta diferente.
> 9- Neste novo ficheiro repetia os passos  2 a 4.
> 10- Partindo do principio que o ficheiro que está danificado é um dos que
> contém dados de formatação, ia-os substituindo um a um e tentando abrir o
> ficheiro a ver que alterações de formatação ele tem.
>  Espero que isto resulta e que seja possível recuperar parte da formatação
>
>
>
> No dia 13 de Julho de 2013 às 19:07, Miguel Gomes da Costa <
> [hidden email]> escreveu:
>
> É curioso, porque tenho a experiência oposta. O LibreOffice é muito
>> mais estável e capaz de manejar ficheiros de grandes dimensões, de
>> forma muito mais eficiente. Tive sempre muitos mais problemas com o
>> Office da Microsoft (uma das razões porque deixei de o usar).
>> Qualquer ficheiro que crashe daquela maneira, a meio de registar as
>> últimas alterações, ficaria danificado, qualquer que fosse o software
>> utilizado...
>>
>>
>>
>> 2013/7/13 Rui Oliveira <[hidden email]>:
>> > Pois é.
>> >
>> > É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é
>> das
>> > últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
>> > Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri ficheiros
>> > enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar
>> algumas
>> > sugestões que deixo:
>> >
>> > Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o
>> libre/openoffice
>> > pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para
>> Linux:
>> >
>> > Kingsoft Office
>> > http://wps-community.org/download.html
>> >
>> > IBM Lotus simphony:
>> > http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
>> >
>> > Caligra Office (este é mais para KDE)
>> > http://www.calligra-suite.org/
>> >
>> > Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e pode
>> > ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve
>> algum
>> > do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já
>> não
>> > é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais, mas
>> não
>> > me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
>> >
>> >
>> >
>> >
>> >
>> > 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
>> >
>> >> Olá.
>> >> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
>> >> san-alex
>> >>
>> >> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
>> >>
>> >>> Amigos,
>> >>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever
>> bastante
>> >>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
>> >>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
>> >>> problema
>> >>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o
>> ficheiro,
>> >>> mas encerra logo de seguida.
>> >>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
>> >>>
>> >>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
>> >>> Se perco este trabalho dou em doido.
>> >>> Abs.
>> >>>
>> >>>
>> >>
>> >> --
>> >> ubuntu-pt mailing list
>> >> [hidden email]
>> >> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<
>> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
>> >>
>> > --
>> > ubuntu-pt mailing list
>> > [hidden email]
>> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>>
>> --
>> ubuntu-pt mailing list
>> [hidden email]
>> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>>
>
>
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10273] Re: Pedido (quase) desesperado.

Orlando Figueiredo-2
Olá a todos,
Obrigado pelas sugestões e conselhos. Consegui recuperar o ficheiro com
relativa facilidade. Abri-o noutro computador com uma versão 6.3 do LO e
correu tudo bem Depois gravei-o com um novo nome e voltei ao meu desktop.
Estava tudo a funcionar direitinho. Já o dividi em dois para ficar mais
leve e agora, cada vez que acabo de editar faço uma cópia (just in case).
Também tenho a mesma opinião do Carlos Ramos. Estou a usar o LO em Ubuntu,
mas tenho muito más recordações do Word e dos seus problemas em lidar com
ficheiros longos.
Aqui há uns tempos tinha um ficheiro de mais de 250 páginas. O ficheiro era
leve, tinha apenas alguns gráficos excel e muito texto. O Word estava
sempre a pastelar e o LO lidava com ele lindamente.
Bom de qq maneira a coisa resolveu-se e não perdi informação nenhuma.
Abraços,
O.


No dia 13 de Julho de 2013 às 20:05, Carlos Alberto Ramos <[hidden email]
> escreveu:

> Esqueci-me de dizer que acredito que poucos serão os que terão
> possibilidades de fazer isto com  o Office da Microsoft!
>
>
> No dia 13 de Julho de 2013 às 20:00, Carlos Alberto Ramos <
> [hidden email]
> > escreveu:
>
> > Eu não sei se resultará, mas eu faria o seguinte, se a estrutura do
> > ficheiro é do open office
> > 1- Copiar o ficheiro para uma outra pasta ou uma pen
> > 2- Na consola corria o comando ls  -l /directório do ficheiro
> > 3- localizado o ficheiro, alterava-lhe a extensão para .zip
> > 4- Descompactava o ficheiro para o mesmo directório.
> > 5- Aparecerão vários ficheiros, um dos quais é o que contem o texto e os
> > outros tem dados de formatação.
> > 6 - Tentava abrir o ficheiro de texto como tal. Talvez alterando a
> > extensão para .txt.
> > 7- Se o conseguisse abrir, guardava-o com a extensão .odt e com outro
> nome.
> > 8- Se resultasse, repetia os passos 7 e 8, mas guardava o novo ficheiro
> > com o mesmo nome do original, mas numa pasta diferente.
> > 9- Neste novo ficheiro repetia os passos  2 a 4.
> > 10- Partindo do principio que o ficheiro que está danificado é um dos que
> > contém dados de formatação, ia-os substituindo um a um e tentando abrir o
> > ficheiro a ver que alterações de formatação ele tem.
> >  Espero que isto resulta e que seja possível recuperar parte da
> formatação
> >
> >
> >
> > No dia 13 de Julho de 2013 às 19:07, Miguel Gomes da Costa <
> > [hidden email]> escreveu:
> >
> > É curioso, porque tenho a experiência oposta. O LibreOffice é muito
> >> mais estável e capaz de manejar ficheiros de grandes dimensões, de
> >> forma muito mais eficiente. Tive sempre muitos mais problemas com o
> >> Office da Microsoft (uma das razões porque deixei de o usar).
> >> Qualquer ficheiro que crashe daquela maneira, a meio de registar as
> >> últimas alterações, ficaria danificado, qualquer que fosse o software
> >> utilizado...
> >>
> >>
> >>
> >> 2013/7/13 Rui Oliveira <[hidden email]>:
> >> > Pois é.
> >> >
> >> > É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é
> >> das
> >> > últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
> >> > Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri
> ficheiros
> >> > enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar
> >> algumas
> >> > sugestões que deixo:
> >> >
> >> > Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o
> >> libre/openoffice
> >> > pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para
> >> Linux:
> >> >
> >> > Kingsoft Office
> >> > http://wps-community.org/download.html
> >> >
> >> > IBM Lotus simphony:
> >> > http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
> >> >
> >> > Caligra Office (este é mais para KDE)
> >> > http://www.calligra-suite.org/
> >> >
> >> > Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e
> pode
> >> > ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve
> >> algum
> >> > do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já
> >> não
> >> > é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais,
> mas
> >> não
> >> > me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
> >> >
> >> >
> >> >
> >> >
> >> >
> >> > 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
> >> >
> >> >> Olá.
> >> >> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
> >> >> san-alex
> >> >>
> >> >> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
> >> >>
> >> >>> Amigos,
> >> >>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever
> >> bastante
> >> >>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
> >> >>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
> >> >>> problema
> >> >>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o
> >> ficheiro,
> >> >>> mas encerra logo de seguida.
> >> >>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
> >> >>>
> >> >>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
> >> >>> Se perco este trabalho dou em doido.
> >> >>> Abs.
> >> >>>
> >> >>>
> >> >>
> >> >> --
> >> >> ubuntu-pt mailing list
> >> >> [hidden email]
> >> >> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<
> >> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
> >> >>
> >> > --
> >> > ubuntu-pt mailing list
> >> > [hidden email]
> >> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
> >>
> >> --
> >> ubuntu-pt mailing list
> >> [hidden email]
> >> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
> >>
> >
> >
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>



--

[hidden email]
Tel:(+351) 933 284 587
Skype: of1967

 _^_  | *Seja livre, use LINUX - Be free, use LINUX*
.ºvº. | *Socialmente justo - Socially fair*
/(_)\ | *Economicamente viável - Economically viable*
.^.^. | *Tecnologicamente sustentável - Technologically sustainable*
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10274] Re: Pedido (quase) desesperado.

Miguel Gomes da Costa
Cool.

Cool, cool, cool.


2013/7/13 Orlando Figueiredo <[hidden email]>:

> Olá a todos,
> Obrigado pelas sugestões e conselhos. Consegui recuperar o ficheiro com
> relativa facilidade. Abri-o noutro computador com uma versão 6.3 do LO e
> correu tudo bem Depois gravei-o com um novo nome e voltei ao meu desktop.
> Estava tudo a funcionar direitinho. Já o dividi em dois para ficar mais
> leve e agora, cada vez que acabo de editar faço uma cópia (just in case).
> Também tenho a mesma opinião do Carlos Ramos. Estou a usar o LO em Ubuntu,
> mas tenho muito más recordações do Word e dos seus problemas em lidar com
> ficheiros longos.
> Aqui há uns tempos tinha um ficheiro de mais de 250 páginas. O ficheiro era
> leve, tinha apenas alguns gráficos excel e muito texto. O Word estava
> sempre a pastelar e o LO lidava com ele lindamente.
> Bom de qq maneira a coisa resolveu-se e não perdi informação nenhuma.
> Abraços,
> O.
>
>
> No dia 13 de Julho de 2013 às 20:05, Carlos Alberto Ramos <[hidden email]
>> escreveu:
>
>> Esqueci-me de dizer que acredito que poucos serão os que terão
>> possibilidades de fazer isto com  o Office da Microsoft!
>>
>>
>> No dia 13 de Julho de 2013 às 20:00, Carlos Alberto Ramos <
>> [hidden email]
>> > escreveu:
>>
>> > Eu não sei se resultará, mas eu faria o seguinte, se a estrutura do
>> > ficheiro é do open office
>> > 1- Copiar o ficheiro para uma outra pasta ou uma pen
>> > 2- Na consola corria o comando ls  -l /directório do ficheiro
>> > 3- localizado o ficheiro, alterava-lhe a extensão para .zip
>> > 4- Descompactava o ficheiro para o mesmo directório.
>> > 5- Aparecerão vários ficheiros, um dos quais é o que contem o texto e os
>> > outros tem dados de formatação.
>> > 6 - Tentava abrir o ficheiro de texto como tal. Talvez alterando a
>> > extensão para .txt.
>> > 7- Se o conseguisse abrir, guardava-o com a extensão .odt e com outro
>> nome.
>> > 8- Se resultasse, repetia os passos 7 e 8, mas guardava o novo ficheiro
>> > com o mesmo nome do original, mas numa pasta diferente.
>> > 9- Neste novo ficheiro repetia os passos  2 a 4.
>> > 10- Partindo do principio que o ficheiro que está danificado é um dos que
>> > contém dados de formatação, ia-os substituindo um a um e tentando abrir o
>> > ficheiro a ver que alterações de formatação ele tem.
>> >  Espero que isto resulta e que seja possível recuperar parte da
>> formatação
>> >
>> >
>> >
>> > No dia 13 de Julho de 2013 às 19:07, Miguel Gomes da Costa <
>> > [hidden email]> escreveu:
>> >
>> > É curioso, porque tenho a experiência oposta. O LibreOffice é muito
>> >> mais estável e capaz de manejar ficheiros de grandes dimensões, de
>> >> forma muito mais eficiente. Tive sempre muitos mais problemas com o
>> >> Office da Microsoft (uma das razões porque deixei de o usar).
>> >> Qualquer ficheiro que crashe daquela maneira, a meio de registar as
>> >> últimas alterações, ficaria danificado, qualquer que fosse o software
>> >> utilizado...
>> >>
>> >>
>> >>
>> >> 2013/7/13 Rui Oliveira <[hidden email]>:
>> >> > Pois é.
>> >> >
>> >> > É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é
>> >> das
>> >> > últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
>> >> > Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri
>> ficheiros
>> >> > enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar
>> >> algumas
>> >> > sugestões que deixo:
>> >> >
>> >> > Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o
>> >> libre/openoffice
>> >> > pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para
>> >> Linux:
>> >> >
>> >> > Kingsoft Office
>> >> > http://wps-community.org/download.html
>> >> >
>> >> > IBM Lotus simphony:
>> >> > http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
>> >> >
>> >> > Caligra Office (este é mais para KDE)
>> >> > http://www.calligra-suite.org/
>> >> >
>> >> > Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e
>> pode
>> >> > ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve
>> >> algum
>> >> > do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já
>> >> não
>> >> > é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais,
>> mas
>> >> não
>> >> > me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
>> >> >
>> >> >
>> >> >
>> >> >
>> >> >
>> >> > 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
>> >> >
>> >> >> Olá.
>> >> >> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
>> >> >> san-alex
>> >> >>
>> >> >> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
>> >> >>
>> >> >>> Amigos,
>> >> >>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever
>> >> bastante
>> >> >>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
>> >> >>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
>> >> >>> problema
>> >> >>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o
>> >> ficheiro,
>> >> >>> mas encerra logo de seguida.
>> >> >>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
>> >> >>>
>> >> >>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
>> >> >>> Se perco este trabalho dou em doido.
>> >> >>> Abs.
>> >> >>>
>> >> >>>
>> >> >>
>> >> >> --
>> >> >> ubuntu-pt mailing list
>> >> >> [hidden email]
>> >> >> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<
>> >> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
>> >> >>
>> >> > --
>> >> > ubuntu-pt mailing list
>> >> > [hidden email]
>> >> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>> >>
>> >> --
>> >> ubuntu-pt mailing list
>> >> [hidden email]
>> >> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>> >>
>> >
>> >
>> --
>> ubuntu-pt mailing list
>> [hidden email]
>> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>>
>
>
>
> --
>
> [hidden email]
> Tel:(+351) 933 284 587
> Skype: of1967
>
>  _^_  | *Seja livre, use LINUX - Be free, use LINUX*
> .ºvº. | *Socialmente justo - Socially fair*
> /(_)\ | *Economicamente viável - Economically viable*
> .^.^. | *Tecnologicamente sustentável - Technologically sustainable*
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt

--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10275] Re: Pedido (quase) desesperado.

Nuno Salvador
Bom dia,
com tanto relatório e tantas páginas por relatório estava na altura  de começar a olhar para o LaTeX. Depois da curva da aprendizagem inicial é do melhor, e aposto que nunca vai crashar. São só ficheiros de texto! :)
http://www.maths.tcd.ie/~dwilkins/LaTeXPrimer/http://www.latextemplates.com/

Fica a ideia.
Cumps.


> Date: Sat, 13 Jul 2013 21:22:19 +0100
> From: [hidden email]
> To: [hidden email]
> Subject: [Ubuntu-PT 10274] Re: Pedido (quase) desesperado.
>
> Cool.
>
> Cool, cool, cool.
>
>
> 2013/7/13 Orlando Figueiredo <[hidden email]>:
> > Olá a todos,
> > Obrigado pelas sugestões e conselhos. Consegui recuperar o ficheiro com
> > relativa facilidade. Abri-o noutro computador com uma versão 6.3 do LO e
> > correu tudo bem Depois gravei-o com um novo nome e voltei ao meu desktop.
> > Estava tudo a funcionar direitinho. Já o dividi em dois para ficar mais
> > leve e agora, cada vez que acabo de editar faço uma cópia (just in case).
> > Também tenho a mesma opinião do Carlos Ramos. Estou a usar o LO em Ubuntu,
> > mas tenho muito más recordações do Word e dos seus problemas em lidar com
> > ficheiros longos.
> > Aqui há uns tempos tinha um ficheiro de mais de 250 páginas. O ficheiro era
> > leve, tinha apenas alguns gráficos excel e muito texto. O Word estava
> > sempre a pastelar e o LO lidava com ele lindamente.
> > Bom de qq maneira a coisa resolveu-se e não perdi informação nenhuma.
> > Abraços,
> > O.
> >
> >
> > No dia 13 de Julho de 2013 às 20:05, Carlos Alberto Ramos <[hidden email]
> >> escreveu:
> >
> >> Esqueci-me de dizer que acredito que poucos serão os que terão
> >> possibilidades de fazer isto com  o Office da Microsoft!
> >>
> >>
> >> No dia 13 de Julho de 2013 às 20:00, Carlos Alberto Ramos <
> >> [hidden email]
> >> > escreveu:
> >>
> >> > Eu não sei se resultará, mas eu faria o seguinte, se a estrutura do
> >> > ficheiro é do open office
> >> > 1- Copiar o ficheiro para uma outra pasta ou uma pen
> >> > 2- Na consola corria o comando ls  -l /directório do ficheiro
> >> > 3- localizado o ficheiro, alterava-lhe a extensão para .zip
> >> > 4- Descompactava o ficheiro para o mesmo directório.
> >> > 5- Aparecerão vários ficheiros, um dos quais é o que contem o texto e os
> >> > outros tem dados de formatação.
> >> > 6 - Tentava abrir o ficheiro de texto como tal. Talvez alterando a
> >> > extensão para .txt.
> >> > 7- Se o conseguisse abrir, guardava-o com a extensão .odt e com outro
> >> nome.
> >> > 8- Se resultasse, repetia os passos 7 e 8, mas guardava o novo ficheiro
> >> > com o mesmo nome do original, mas numa pasta diferente.
> >> > 9- Neste novo ficheiro repetia os passos  2 a 4.
> >> > 10- Partindo do principio que o ficheiro que está danificado é um dos que
> >> > contém dados de formatação, ia-os substituindo um a um e tentando abrir o
> >> > ficheiro a ver que alterações de formatação ele tem.
> >> >  Espero que isto resulta e que seja possível recuperar parte da
> >> formatação
> >> >
> >> >
> >> >
> >> > No dia 13 de Julho de 2013 às 19:07, Miguel Gomes da Costa <
> >> > [hidden email]> escreveu:
> >> >
> >> > É curioso, porque tenho a experiência oposta. O LibreOffice é muito
> >> >> mais estável e capaz de manejar ficheiros de grandes dimensões, de
> >> >> forma muito mais eficiente. Tive sempre muitos mais problemas com o
> >> >> Office da Microsoft (uma das razões porque deixei de o usar).
> >> >> Qualquer ficheiro que crashe daquela maneira, a meio de registar as
> >> >> últimas alterações, ficaria danificado, qualquer que fosse o software
> >> >> utilizado...
> >> >>
> >> >>
> >> >>
> >> >> 2013/7/13 Rui Oliveira <[hidden email]>:
> >> >> > Pois é.
> >> >> >
> >> >> > É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é
> >> >> das
> >> >> > últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
> >> >> > Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri
> >> ficheiros
> >> >> > enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar
> >> >> algumas
> >> >> > sugestões que deixo:
> >> >> >
> >> >> > Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o
> >> >> libre/openoffice
> >> >> > pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para
> >> >> Linux:
> >> >> >
> >> >> > Kingsoft Office
> >> >> > http://wps-community.org/download.html
> >> >> >
> >> >> > IBM Lotus simphony:
> >> >> > http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
> >> >> >
> >> >> > Caligra Office (este é mais para KDE)
> >> >> > http://www.calligra-suite.org/
> >> >> >
> >> >> > Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e
> >> pode
> >> >> > ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve
> >> >> algum
> >> >> > do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já
> >> >> não
> >> >> > é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais,
> >> mas
> >> >> não
> >> >> > me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
> >> >> >
> >> >> >
> >> >> >
> >> >> >
> >> >> >
> >> >> > 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
> >> >> >
> >> >> >> Olá.
> >> >> >> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
> >> >> >> san-alex
> >> >> >>
> >> >> >> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
> >> >> >>
> >> >> >>> Amigos,
> >> >> >>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever
> >> >> bastante
> >> >> >>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
> >> >> >>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
> >> >> >>> problema
> >> >> >>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o
> >> >> ficheiro,
> >> >> >>> mas encerra logo de seguida.
> >> >> >>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
> >> >> >>>
> >> >> >>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
> >> >> >>> Se perco este trabalho dou em doido.
> >> >> >>> Abs.
> >> >> >>>
> >> >> >>>
> >> >> >>
> >> >> >> --
> >> >> >> ubuntu-pt mailing list
> >> >> >> [hidden email]
> >> >> >> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<
> >> >> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
> >> >> >>
> >> >> > --
> >> >> > ubuntu-pt mailing list
> >> >> > [hidden email]
> >> >> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
> >> >>
> >> >> --
> >> >> ubuntu-pt mailing list
> >> >> [hidden email]
> >> >> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
> >> >>
> >> >
> >> >
> >> --
> >> ubuntu-pt mailing list
> >> [hidden email]
> >> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
> >>
> >
> >
> >
> > --
> >
> > [hidden email]
> > Tel:(+351) 933 284 587
> > Skype: of1967
> >
> >  _^_  | *Seja livre, use LINUX - Be free, use LINUX*
> > .ºvº. | *Socialmente justo - Socially fair*
> > /(_)\ | *Economicamente viável - Economically viable*
> > .^.^. | *Tecnologicamente sustentável - Technologically sustainable*
> > --
> > ubuntu-pt mailing list
> > [hidden email]
> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
     
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10276] Re: Pedido (quase) desesperado.

Tiago Carrondo-2
In reply to this post by Rui Oliveira-2
Atenção pessoal:

Ao contrário do que se possa pensar o Kingsoft Office não suporta ODF:
http://wps-community.org/faq.html
http://wps-community.org/forum/viewtopic.php?f=4&t=26&p=96

Até breve,

Tiago Carrondo


No dia 13 de Julho de 2013 às 19:01, Rui Oliveira
<[hidden email]> escreveu:

> Pois é.
>
> É por causa disto que normalmente acho que o libreoffice/openoffice é das
> últimas fronteiras a remover para a maior adopção do software livre.
> Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri ficheiros
> enormes com o word e nunca tive problemas. Dito, isto podes tentar algumas
> sugestões que deixo:
>
> Tenta outro programa editor de ficheiros compatível com o libre/openoffice
> pode ser que tenhas mais sorte. Os que seguem ambos têm versões para Linux:
>
> Kingsoft Office
> http://wps-community.org/download.html
>
> IBM Lotus simphony:
> http://www-03.ibm.com/software/lotus/symphony/home.nsf/products
>
> Caligra Office (este é mais para KDE)
> http://www.calligra-suite.org/
>
> Penso que podes ainda importar ficheiros ODP no Word da Microsoft e pode
> ser que consigas ainda salvar a maioria da formatação e que te salve algum
> do trabalho que tiveste. Caso contrário, não haverá muito a fazer e já não
> é mau conseguires recuperar o texto. Lamento não poder ajudar mais, mas não
> me parece que exista alguma fórmula mágica para esse problema.
>
>
>
>
>
> 2013/7/13 san-alex <[hidden email]>
>
>> Olá.
>> Sem ver o ficheiro vai ser dificil de ajudar.
>> san-alex
>>
>> 13.07.13 00:06, Orlando Figueiredo написав(ла):
>>
>>> Amigos,
>>> Tenho um ficheiro do writer de um trabalho que estou a escrever bastante
>>> pesado (com muitas imagens - 80 MB) e quase 300 páginas.
>>> Acontece que o estava a editar no Writer quando a coisa crashou. O
>>> problema
>>> é que não o consigo abrir. Faço duplo clique, o writer carrega o ficheiro,
>>> mas encerra logo de seguida.
>>> Consigo abri-lo no focus wriOláter, mas perde toda a formatção.
>>>
>>> Alguém me pode ajudar com isto por favoooooor.
>>> Se perco este trabalho dou em doido.
>>> Abs.
>>>
>>>
>>
>> --
>> ubuntu-pt mailing list
>> [hidden email]
>> https://lists.ubuntu.com/**mailman/listinfo/ubuntu-pt<https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt>
>>
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt

--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10277] Re: Pedido (quase) desesperado.

J M Cerqueira Esteves
In reply to this post by Rui Oliveira-2
On 2013-07-13 19:01, Rui Oliveira wrote:
> Diga-se o que disser nada bate o Office da Microsoft. Já abri ficheiros
> enormes com o word e nunca tive problemas.

Algo off-topic mas relevante quanto a desespero ("deja vu all over again"):

A favor do LibreOffice pouco posso dizer como utilizador, porque
raramente o usei (e MS Word nunca). Nunca escrevi mais que alguns
pequenos ajustes de texto usando OOo ou LO, e na prática não posso dizer
que *saiba* usar software a la Word e sucessores.

Posso é dizer que assisti a muitos casos (e tive relatos de outros
tantos) de falhas dramáticas de várias gerações do MS Word. Mas,
tratando-se do MS Word, os utilizadores aceitam, sofrem, continuam a
usar, mesmo depois de catástrofes de corrupção de documentos e de terem
desperdiçado mais de um dia para conseguir imprimir um documento de 200
páginas (vi acontecer).

24 anos depois de ter começado a usar TeX, não consigo ainda recomendar
qualquer alternativa aos sistemas baseados nele (para uso geral LaTeX e
ConTeXt os mais convenientes).

Ah-mas-a-aprendizagem? Bom, tudo requer aprendizagem a menos que
consigam ter assistentes.  Interfaces a la Word parecem-me apenas
favorecer pouca ou má aprendizagem, com muitos destroços tipográficos
publicados a reforçar essa impressão.  Haverá quem tenha aprendido de
Word e sucedâneos o suficiente para os controlar de forma a fazer
trabalho razoável, mas duvido que a maioria desses tenha apreendido os
conceitos/práticas importantes à custa do próprio Word (ou que o Word
tenha substituido a necessidade dessa aprendizagem).

Aceito o argumento de que muitos podem não conseguir ajustar-se à edição
directa de documentos LaTeX e ConTeXt (talvez menos do que pareça, por
casos a que assisti).  Mas colocar sobre LaTeX interfaces a la Word não
parece caminho a seguir --- tive de tratar pelo menos dois volumes de
proceedings em que muitos autores tinham usado Scientific Word (que
produz LaTeX) e é melhor nem começar a contar os horrores resultantes.
Felizmente, algumas outras interfaces ajudam um pouco a edição sem
esconder a source e sem procurarem imitar Word.

Gostava de ter sugestão alternativa que também desse conta de problemas de
-- controlo (tornar possível fazer o que quero, não fazer o que não
   quero, não exigir remendos "a olho" aos milhares);
-- fiabilidade (sem limites absurdos à vista, sem falhas em momentos
   horríveis tenho-de-entregar-isto-hoje);
-- estabilidade (no mínimo processar o mesmo documento com o mesmo
   resultado 10 ou 20 anos depois)...
e tivesse uma interface realmente capaz de ajudar o principiante sem
deixar de ensinar e estimular as melhores práticas.  Mas não conheço.
Compreendo a aposta LibreOffice de, como software livre, replicar e
expandir funcionalidade já conhecida, mas seria interessante alguém
atacar essa outra via --- que certamente não será fácil...

Cumps
              J Esteves


--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10279] Mudar o email

bruno santos-11
In reply to this post by Rui Oliveira-2
boa tarde.gostaria de saber como posso alterar o meu email, que utilizo aqui no fórum    
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

[Ubuntu-PT 10280] Re: Mudar o email

Tiago Carrondo-2
Clica no link do rodapé de qualquer mail.

Melhores cumprimentos/Regards

Tiago Carrondo
TM. +351 966325367
S. Lourenço - Ericeira (Portugal)

@ BQ Curie, com/with Android :-)
No dia 15/07/2013 14:03, "bruno santos" <[hidden email]>
escreveu:

> boa tarde.gostaria de saber como posso alterar o meu email, que utilizo
> aqui no fórum
> --
> ubuntu-pt mailing list
> [hidden email]
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt
>
--
ubuntu-pt mailing list
[hidden email]
https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-pt